Quinze dias depois das Torres Gêmeas terem sido bombardeadas, ainda sob o choque do que acontecera, Lucia Guinle pensou: "o mundo vai acabar e eu faço joia, algo tão supérfluo!". Reflexão bruscamente interrompida pelo telefone e por uma voz angustiada do outro lado da linha: "preciso de uma constelação de brilhantes". "Amanhã?", propôs Lucia. "Não, agora!". Assim começaram a nascer as arrudas milimetricamente esculpidas pela designer.

Qual a peça certa para ter no armário é o tema do bate-papo com Iesa Rodrigues, Liz Machado e Carla Roberto, com a participação especial de Roberta Damasceno, da Dona Coisa, na Rug Home, no Fashion Mall. Acontece toda terça até o final de março a partir das 16h. Você vai também saber como valorizar seu dinheiro com o Bisoux, primeira moeda virtual do varejo com Melissa Jannuzzi e Heloisa Marra. 

Fazer programação ao ar livre é uma das melhores opções de lazer que o Rio de Janeiro oferece aos seus moradores e visitantes. São praias, cachoeiras, parques e trilhas urbanas. A caminhada até a Pedra Bonita é um ótimo programa para o final de semana. O percurso, considerado leve, começa no estacionamento da rampa de vôo livre e pode ser feito por crianças e adultos de todas as idades. Admirar o Rio do alto é irresistível. São aproximadamente 30 minutos de trilha bem marcada até um grande platô de pedra com vista para a praia de São Conrado, o morro Dois Irmãos, Pedra da Gávea, bairros da Zona Sul, Barra da Tijuca e Floresta da Tijuca.

A artista Rivani Neuensthwander pediu a 240 crianças entre 6 e 13 anos que falassem de seus medos. Eles falaram e até medo da Xuxa apareceu. Teve também medo do Espírito Santo, do palhaço assassino, da Loura do banheiro... O estilista Guto Carvalhoneto transformou essas fantasias em capas protetoras. O resultado desse trabalho está na exposição "O nome do medo" no Museu de Arte do Rio até 17 de março.

A crença de que a pele negra é mais forte e resistente é verdade sim.  Demora mais a mostrar os sinais da idade porque tem uma quantidade maior de melanina e um fator de proteção natural de 13,4. Além disso, as fibras de colágeno são mais densas e resistentes. Mas não por isso exigem menos cuidados. Produtos e tratamentos específicos para esse tipo de pele são cada vez mais comuns de encontrar no mercado...

O agora Grand Meliá Nacional Rio de Janeiro, obra do arquiteto Oscar Niemeyer em São Conrado, abriu suas portas no final de 2016 causando o mesmo encanto de quando foi inaugurado no começo dos anos 70. Os jardins assinados por Burle Marx e a estátua da sereia do artista Alfredo Ceschiatti, estão lá. O imponente painel de concreto de Carybé, com 45 metros de comprimento e três metros de altura, foi todo restaurado. E tem muitas novidades também....

O estilo é uma forma que dizer quem você é sem dizer uma palavra. Mas e se você tiver vontade de escrever sua mensagem ao mundo? Use a camiseta para mandar seu recado, sem receio ou timidez. Muitas marcas vêm fazendo barulho com mensagens em tshirts, vestidos e jaquetas. A Dior causou frisson com o slogan ‘We should all be feminists’. Valentino, Moschino, a carioquíssima Reserva são algumas marcas que também acreditam nesta tendência. Qual o seu recado?

Reserva, Via Mia, Shop 126, Wollner, Redley, Cantão, Afghan Levi's, Vix e novas marcas como Casa Lab, Dipóa acessórios, Brisa chapéus, Lapa calçados, It Bags bolsas e Carioqui acessórios estarão no Rio Beach Club de 16 a 19 de fevereiro. Comprar é a maior diversão nesse bazar, que mistura ofertas imperdíveis com shows, spa, barbearia, aulas de ioga e sunset parties. Local: Rio Beach Club na ilha da Coroa.

O cobogó é um tipo de tijolo vazado super charmoso, utilizado na construção de paredes e fachadas com a função de quebrar a luminosidade, separar ambientes ou dividir o interior do exterior sem prejudicar a entrada da luz natural e da ventilação. Este material, marco da arquitetura modernista brasileira entre os anos 30 e 60, voltou com tudo na decoração contemporânea. Inicialmente feito com cimento, agora pode ser encontrado em versões de cerâmica, louça, mármore, vidro e madeira.  

Imperdível o filme "Estrelas além do tempo", baseado no livro de Margot Lee Shetterly. Filha de um cientista do Centro de Pesquisa de Langley da NASA, Margot conta a história de três mulheres fundamentais para as pesquisas da NASA num país marcado pela segregação racial: Katherine Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughan (Octavia Spencer) e Mary Jackson (Janelle Monáe). Estreia 2 de fevereiro.

Receba nossa Newsletter!

 
amandas_heloisa_marra4.png