Heloisa Marra
: Heloisa Marra

Neta de Elsa Schiaparelli, a mais surrealista das criadoras de moda, estrela de clássicos do cinema como "Barry Lyndon", de Stanley Kubrick, e "Cabaré", de Bob Fosse, musa de Diana Vreeland, Marisa Berenson veio ao Rio de Janeiro lançar a coleção de joias Éden, criada com Stephanie Wenk, para Amsterdam Sauer. Ela fala aqui das joias e da linha de beleza Sublime Care, que acabou de lançar na Neiman Marcus, em Nova York.

marisasuite

Vestindo um casaco bordado de Valentino Couture, Marisa recebeu os convidados na Suite Master do Copacabana Palace, onde uma banheira repleta de maçãs vermelhas e lindas instalações surrealistas exibiam as joias da coleção. "O surrealismo inspirou as peças", conta Marisa.

 'Conheci muito bem Salvador Dali'

"Fui educada nesse ambiente porque minha avó (Elsa Schiaparelli) 
era uma artista surrealista. Eu vivia cercada de quadros na casa da minha avó, tive a sorte de ter as roupas criadas por ela e conheci muito bem Salvador Dali", afirma.

edencampanha

Paixão, tentação e renascimento

Marisa pensou no Jardim do Éden para desenvolver as joias. "Elas refletem p
aixão e tentação. Gosto também da serpente porque é um símbolo de renovação ao trocar a velha pele do passado. É a força misteriosa do renascer. As pequenas flechas são as flechas do amor, dos querubins. Adoro as pedras porque elas têm energias espirituais importantes. Gosto de trabalhar e de meditar com as pedras. Cada pedra tem uma energia diferente. Há muito tempo que medito e me cuido com pedras. Aqui no Brasil vocês têm pedras extraordinárias. Gostaria muito de conhecer as minas aqui", diz.

surreais

Conheci Marisa em meados da década de 1970, quando ela veio ciceroneada pela amiga Lucia Moreira Salles, na ocasião ainda solteira, e conhecida como a charmosa e elegante Lucia Curia. Na época o fotógrafo Paulo Scheuenstuhl fotografou Marisa no calçadão ao lado das pipas coloridas em forma de pássaros que sumiram da nossa orla.

Marisa teve o rosto reconstruído por Pitanguy por causa de uma acidente

Em 1978 sofreu um acidente em Angra dos Reis quando rodava o filme "O peixe assassino" e teve o rosto reconstruido por Ivo Pitanguy. Ela esteve aqui também nos anos 80 pela Unesco numa missão nas favelas de São Paulo para se encontrar com o empresário Carlos Salem.
 
marisaeditorial

Marisa continua apaixonada pelo cinema. Seu último trabalho foi em "Opium", de Arielle Dombasle, sobre a relação de Jean Cocteau com o poeta Raymond Radiguet, lançado em 2014. 
"Acabei de fazer um livro sobre minha avó, 'Elsa Schiaparelli's Private Album'.

A avó Schiaparelli não gostou que Marisa seguisse a carreira de modelo

No livro sobre Diana Vreeland, escrito por Eleanor Dwight, Marisa contou que sua avó não gostou que Diana Vreeland a convidasse para ser modelo. "Ela queria que eu me casasse e fosse aristocrata", contou. Por causa disso as Vreeland e Schiaparelli, que eram amigas, ficaram anos sem se falar.

berensonbeleza

Um óleo à base de figo

Além do livro sobre a avó, ela acabou de lançar uma linha de produtos de beleza 100% natural à base de óleo de figo de Barbarie (uma fruta cheia de espinhos por fora e surpresas por dentro) e outros óleos essenciais na
Neiman Marcus e que já está nos spas do mundo inteiro. "Estou escrevendo um livro sobre beleza para compartilhar meus conhecimentos no assunto", conta.

berensoncasal

Quais são seus segredos de beleza?

"
Tenho uma filosofia holística que pratico há muito tempo. É a beleza de dentro para fora, que passa por meditação, exercícios, alimentos e por produtos que uso no rosto e no corpo. É toda uma maneira de viver que adoto há anos desde muito jovem. Tento meditar de manhã quando me levanto e à noite ao dormir por 15 minutos ou meia hora. Faço ioga, pilates, alongamento, uma combinação de práticas que aprendi ao longo da vida. Há 40 anos encontrei um naturopata. Aprendi a me cuidar com as plantas. Em paralelo ele me ensinou a cuidar da pele com produtos naturais", conta Marisa.

marisavreeland

Um figo contra o envelhecimento

Ela descobriu o figo de Barbarie, com propriedades de antievelhecimento e cicatrizantes. "É um elixir de juventude.
Faço fórmulas com ele e óleos essenciais. Minha avó trazia o figo de Barbárie da Tunísia, porque ela tinha uma casa em Hammamet. Na época não era tão refinado como os óleos de oliva e argan. As fórmulas são minhas mas os ingredientes existem há muitos anos. Todos os segredos da vida, da saúde e da beleza estão na natureza", observa.

O paraíso particular em Marrakesh

Musa de fotógrafos como Richard Avedon e Cecil Beaton, Marisa Berenson vive entre Nova York e Marrakesh, onde está terminando uma casa, um pequeno paraíso. Casada com Jean-Michel Simonian, que é CEO da Natural Luxury Cosmetics, fundada por Marisa há dois anos, e empresário de vários spas.

surreais1

Fazendo o próprio pão e um incrível bolo de chocolate

"Tenho uma casa em Marrakesh que está sendo terminhada. Será um pequeno paraíso, um lugar de bem
 estar. Adoro cozinhar e só faço pratos naturais", revela. "Faço pão, bolo de chocolate mas tudo sem gluten, leite ou açúcar. Tudo delicioso. Eu faço um bolo de chocolate que todo mundo pede a receita. Agora, quando visito as pessoas, sei que em vez de levar flores, é melhor levar um bolo de chocolate. De manhã fazemos o pão, com quinoa ou outros ingredientes, como canela", diz Marisa, que tem uma dieta à base de legumes e peixes.

Ela diz que não tem acompanhado as coleções de Schiaparelli depois que a marca foi vendida. "Não me envolvi", afirma. "Encontrei o criador (Marco Zanini) outro dia em Paris. Desejo sorte a ele porque não é fácil", comenta Marisa, que se veste muito na Dior e gosta do trabalho atual de Valentino. "Gosto muito também de Alberta Ferretti", conta Marisa, lembrando que a amiga Lucia Moreira Salles tinha um gosto incrível e sempre apresentava novidades do Brasil. 

anel

Eu me visto muito na Dior, esse casaco é Valentino Couture. Eu gosto do que eles estão fazendo
em Valentino agora. Gosto muito de Dolce & Gabbana. Gosto muito de Albert Elbaz. É inacreditável o que está acontecendo. Hoje tudo muda muito rápido. Gosto muito de Alberta Ferretti na Itália. Lucia tinha um gosto incrível. Amiga de Guilherme Guimarães, ela adorou os vestidos feito por Sandro Barros, um deles com cobras bordadas.

Conectada com os anjos

"Tenho muita fé mas numa verdade universal, num deus que está em todos nós e no universo. Somos
todos conectados. Acredito na nossa conexão divina com essa energia. Sou católica mas tenho uma fé inabalável em Deus e nas energias superiores e nos anjos. Sou muito conectada com os anjos, que me protegem muito", finaliza.

 

 


Receba nossa Newsletter!

 
amandas_heloisa_marra5.png