Heloisa Marra
: Heloisa Marra

Ano passado em dezembro Lia Paris se apresentou no estúdio Áudio Rebel, no Rio. Estava de passagem em turnê com o Legião Urbana. Aos 30 anos, ela brilha cada vez mais numa carreira solo temperada por parcerias com Samuel Rosa, Marcelo Jeneci e Dado Villa-Lobos. Voz poderosa, visual indie-punk-roqueiro, seu próximo show, dia 4 de março, no ZCarniceria (antigo Aeroanta) em São Paulo, terá produção musical de Daniel Hunt, criador da banda Ladytron. 

 

banda

Cantora, compositora, estilista de sua própria marca de moda praia retrô, engolidora de fogo e trapezista, Lia Paris começou sua carreira pelo mundo do circo. Aos 15 anos, montou sua primeira banda de soul, a Destilaria do Groove. No circo, especializou-se em pirofagia e trapézio e aos 17 viajou com uma trupe mambembe pela Europa. De volta ao Brasil, formou o grupo Paris Le Rock com quem passou a cantar músicas em francês. "Hoje ainda canto em francês mas não nos meus shows", conta.

No próximo show, vai usar o talento circense para o respeitável público

Formada em moda pela Faculdade Santa Marcelina, é ela que cria as próprias roupas. Explica que ultimamente tem se dedicado completamente à música, deixando um pouco de lado sua grife de moda praia.  Na próxima apresentação pretende usar no palco o talento circense.

liacartaz

"Atualmente estou preparando meu novo show que se chama 'Azul e Flores', nome de uma música que fiz justamente em homenagem à minha passagem pelo circo que tanto enriqueceu e fez parte de um mundo lúdico, que criei e alimentei em mim. A Fantasia sempre fez parte do meu imaginário, foi base das minhas inspirações, paixões e até ilusões, muito do que sou hoje diz respeito à experiência que tive com o circo, na época do circo ou por causa dele", contou Lia.

Parceria com Daniel Hunt do Ladytron

A parte musical de "Azul e Flores" tem produção de Daniel Hunt. "Um grande parceiro recente", continua a cantora. "Nós nos conhecemos no culto do Fvtvrv e nossas afinidades nos levaram naturalmente a partir para outros projetos. Daniel (Ladytron) sempre foi alguém importante no meu subconsciente. Sou realmente fã dessa banda e do universo do trabalho deles, e mesmo antes de conhecê-lo, admirava suas produções eletrônicas, sombrias e tão cativantes. Será uma honra poder trabalhar com ele e sem dúvida uma experiência incrível e engrandecedora".

rosto

De todas as parcerias da cantora, uma das mais interessantes é com o namorado e artista Stephan Doitschinoff, o Calma (abreviatura de Com Alma), fundador do Culto do Fvtvrv. "O show terá um cenário que foi desenvolvido e criado por mim e por Stephan, que também criou comigo a estética e o conceito", diz Lia, que faz parte do Culto do Fvtvro e recentemente, junto com Stephen compôs dois hinos para as três marchas do grupo, que é muito ativo em São Paulo.

 O Culto do Fvtvro e a mudança pela arte

"O culto do Fvtvrv é uma sociedade filosófica, que acredita que a arte é essencial pois é o lado sensível da mudança. Não acreditamos que a mudança venha da política ou das instituições mas da arte e do estilo de vida. É o nosso meio mais puro de manifestar o que está mudando. Nossa arma é a criatividade. Por isso o culto tem hinos, símbolos, uniformes e bandeiras", explica Lia, que vive com Stephen uma intensa troca.
liaestephan
Stephen Doitschinoff e Lia Paris, uma história de amor e criação

De 2005 a 2008, Stephen morou em Lençóis, na Bahia, onde pintou murais, inspirado nas lendas e histórias dos habitantes. As fachadas das casas, a igreja e até mesmo o cemitério foram coloridos pela arte do Calma, que na época já pintava uma deusa muito parecida com Lia Paris. Vale a pena ver o documentário desse trabalho em "Temporal", produzido pela Movie Art.

grafite

"Realmente", confirma Lia, "Stephen pinta uma entidade que tem as formas e as proporções parecidas comigo. No pôster do show sou eu como se fosse parte dessa entidade. Ele também desenhou uma joia no formato de armadura. É um colar feito de cobre com banho de ouro, confeccionado pelo artesão Lucas Shirt, que também faz as joias, medalhas e acessórios do Culto do Fvtvro. Eu e Stephen nos complementamos. É bacana e raro", diz Lia.

Videoclipe no Cambodja

O primeiro trabalho solo da cantora, um EP de três faixas intitulado "Wild Boy" (música composta em parceria com Marcelo Jeneci) foi lançado em Nova York em novembro de 2013 e no Brasil em março de 2014. O clipe, gravado no Brooklin sob direção de Lee Peterkin, teve a participação de Andre Ziehe, que na época namorava Lia. Em seu último clipe, gravado no Cambodja, Lia Paris fez duas músicas inspiradas em Stephen: "Três vulcões" e "Calma".

Ela conta que carrega uma certa melancolia por não ter seguido o caminho do circo. "Mas acho que faz parte da nostalgia poética sobre o passado e as possibilidades que não escolhemos viver. Penso sim em trazer elementos e talvez até aparelhos circenses para as minhas performances no palco, mas se acontecer, será num no futuro. Agora o circo está presente apenas em referências sutis como a própria música e o nome do show sugerem", observa.

No momento, Lia se sente no início de uma estrada. "Uma estrada bonita e ensolarada como as músicas 'Foguete' e 'Aniversário', mas num caminho desafiador e enigmático. Escrevo muito traduzindo o que sinto, mas uma dose de auto ajuda sempre há. Digo o que diria para mim mesma, só que em voz alta", afirma.

liajanela

Atualmente a artista sente-se privilegiada "de ter tido um início já com tantas conquistas e parcerias verdadeiramente plenas e genuínas com artistas que admiro e aprendo tanto, mas tenho a consciência de que esse é só o início e de amanhã será também outro início, só que de outra mini estrada ou avenida da vida. A escolha de viver de arte tem isso, ter de lidar sempre com incerto, com o desafio. 'Foguete' e 'Aniversário' marcam bem essa passagem, esse sentimento de potência, de vontade de saborear as conquistas do jeito mais otimista como deveria sempre ser, mas que nem sempre conseguimos sentir".

Fotos: Ali Karakas (banda e rosto de Lia Paris) e Stephen J. Grant (Lia Paris e Daniel Hunt) 


Receba nossa Newsletter!

 
amandas_heloisa_marra4.png