Heloisa Marra
: Heloisa Marra

Um dos desfiles mais esperados da São Paulo Fashion Week foi o da linha de roupas criada por Alexandre Herchcovitch para a marca À La Garçonne, de Fábio Souza. Fábio teve a ideia de estampar um escafandro no moletom usado por Herchcovitch. Sem divisão de estações, usando lã, tecidos reciclados e outros não, À La Garçonne desfilou em clima vintage navy, com direito a jaquetas perfecto pintadas a mão com cabos. O ator Bruno Gagliasso apareceu usando uma no melhor estilo skinhead.

No Backstage, na hora das fotos, um Alexandre descontraído posou feliz ao lado de Fabio Souza. É Fábio que explica a origem do escafandro, que aparece na coleção. "Encontrei um do século XIX e daí vieram várias associações: roupa masculina, navy, anos 40, guerra... ", conta.

mulher
mulhermais

Sobre a reciclagem de tecidos, Herchcovitch contou: "o smoking verde militar tem apenas pedaços de cashmere dos anos 60 na gola e no detalhe dos bolsos. Também trabalhamos com tecidos prontos. Outros, como os listrados e as lonas, são totalmente reciclados", afirma o estilista, que fez uma alfaiataria ampla em calças mais largas curtas.

alagarçonnemasculino

O xadrez passeou acompanhado de uma sereia nadando na mochila, um farol, estampado nas costas de um casaco masculino, e galeões dos tempos das descobertas deram uma atmosfera retrô bem humorada à levíssima e impecável alfaiataria de Alexandre, que misturou neoprene e moletom em looks esportivamente urbanos.

Vida nova com reality show e linha para C&A

O estilista começou vida nova. Estreou o reality "Corre e costura", na Fox, onde é desafiado a vestir os tipos mais diferentes num prazo meteórico. Fez um tremendo sucesso com a sua linha para a C&A. "No Fast Fashion acho que temos que dar um segundo passo. Fazer um Fast Fashion com extrema qualidade, para que a roupa dure. Quando falo em extrema qualidade, não é só confecção ou tecido, é uma qualidade de design. É uma roupa atemporal." 
Falou e cumpriu, criando para a C&A até um vestido de noiva.

Ausência de estação nos desfiles

De uns quatro anos para cá, começou a perceber roupas de inverno em desfiles de verão e vice-versa. "Por que fazer um casaco de pele num desfile de verão? O sentido é que hoje, o mundo é um país só. Não tem muita fronteira. Se você quiser comprar de uma marca de fora, faz isso pela internet. E como a gente tem diferenças climáticas no mundo inteiro, quando você lança uma coleção pode pensar nos seus clientes que vão estar no frio e no calor. Isso resultou numa grande discussão que começou no ano passado e está um pouco quente agora: a ausência de estação nos desfiles.

Bruno Gagliasso


Tufi Duek na primeira fila depois de seis anos sem pisar na SPFW

Na primeira fila da apresentação da marca, um convidado que não pisava há seis anos na São Paulo Fashion Week: Tufi Duek ao lado de Natalie Klein. Natalie contou que a coleção da À La Garçonne chega em junho na NK Store de São Paulo e do Rio de Janeiro. Tufi falou que desde que vendeu sua marca está trabalhando com a filha, Carina Duek, que, segundo ele, está indo muito bem.

Fotos Fotosite/Ze Takahashi
 

 

 


Receba nossa Newsletter!

 
amandas_heloisa_marra4.png