Melissa Jannuzzi
: Melissa Jannuzzi

O cobogó é um tipo de tijolo vazado super charmoso, utilizado na construção de paredes e fachadas com a função de quebrar a luminosidade, separar ambientes ou dividir o interior do exterior sem prejudicar a entrada da luz natural e da ventilação. Este material, marco da arquitetura modernista brasileira entre os anos 30 e 60, voltou com tudo na decoração contemporânea. Inicialmente feito com cimento, agora pode ser encontrado em versões de cerâmica, louça, mármore, vidro e madeira.  

O tijolo surgiu no início do século XX em Recife inspirado nos modelos usados na cultura árabe. O nome é uma junção das iniciais do sobrenome dos três engenheiros que o criaram: COimbra, BOeckman e GOes. O recém inaugurado Hotel Emiliano na praia de Copacabana no Rio de Janeiro ganhou um enorme painel de cobogó articulado na fachada assinado pelo arquiteto Arthur Casas. O charme do cobogó parece irresistível. 


Receba nossa Newsletter!

 
amandas_heloisa_marra4.png