Há 20 anos surgia a São Paulo Fashion Week. Paulo Borges, criador da semana, faz um balanço contando como a SPFW não só consegue permanecer mas se renovar, atraindo nas últimas edições marcas cariocas como Lenny Niemeyer e Salinas, destaques do Fashion Rio. Ele fala que está discutindo com empresários cariocas um evento para o Rio.

Gisele Bundchen se despede da passarela desfilando para a Colcci. No pit, fotógrafos do mundo inteiro registram o momento.

Moda praia e orquestra na passarela, só mesmo Lenny Niemeyer para surpreender a plateia em sua estreia na São Paulo Fashion Week. Lembrando antigos carnavais, ela reviveu o malandro com a maior elegância e desenhou naipes nos maiôs estilizando pierrôs. 

Da estética apurada do povo Ashaninka, habitante da Floresta Amazônica, na Osklen, à arte de Roy Litchenstein na Sacada, o verão 2016 explodiu em cores, grafismos e texturas na passarela da São Paulo Fashion Week.

George Sand, Chopin e Anitta têm algo em comum: Reinaldo Lourenço. O estilista brincou com o masculino e o feminino desconstruindo o smoking. Na passarela, uma George Sand contemporânea. Na plateia uma nova Anitta. Herchcovitch se inspirou nas caçadoras de pérolas e fez vestidos de espuma do mar. 

 
amandas_heloisa_marra4.png