introcasafarm
Heloisa Marra
: Heloisa Marra

Skates floridos, luminárias Sky Planter com flores brotando, monstrinhos toy art em material reciclado, relógios e óculos escuros de madeira, prancha estampada de stand up surf, bikes estampadinhas... Na Casa Farm apresentar a charmosa linha Quero às clientes é literalmente um lazer para cinco meninas de várias cidades do Brasil que foram escolhidas para passar a temporada de verão na casa, na Nascimento Silva, em Ipanema. Lais Batista Passos, 19 anos, de Curitiba, Laura Ruela, 18, de Florianópolis, Roberta Barone, 22, de Porto Alegre, Yasmim Carreta, 18, de Vitória, e Katerine Amsler, de 18, de Belo Horizonte, fazem até o final de fevereiro um work experience bem carioca. Liliane Rubim (na foto), gerente da casa, me convidou para conhecer o quarto das meninas. Bem-vindos! 

Camas de madeira e travesseiros branquinhos com babados, cortina florida escondendo o closet. Tudo é compartilhado nesse ambiente de garotas sorridentes em lua de mel com a cidade. "Olha só a quantidade de xampus no banheiro", comentou uma delas. Todas esperam ansiosamente a chegada de mais uma convidada: a mala recheada de roupas, enviada pela mãe de Laura de Florianópolis. A mineira Katerina fez teatro a vida toda. É do dia e da noite, de fazer stand up surf e de chegar no Baixo Gávea à meia-noite. "Minha família é do Rio. Meus pais e meus tios surfam, estou adorando as aulas esportivas", diz.

A casa Farm tem uma programação de cursos, que vai do stand up surf a workshop de DJ. O objetivo das visitantes na casa é fazer um pouco de tudo atuando nos cursos e na loja. Até agora, Katerina tem gostado muito de conhecer novas pessoas e de vender. Tenho ido quase todos as noites ao BG", conta Katerina, que adora o tipo surfista, esportivo, com aquela barbinha por fazer queimada de sol, que vai para a noitada de bike.

Lais: "O Rio emenda o dia com a noite com muito estilo"

O livro de cabeceira de Lais Batista é "A carioca, guia de estilo para viver a Cidade Maravilhosa", de Renata Abranchs e Tiago Petrik. Passou três meses em Milão num intercâmbio. Estuda design de produto na Universidade Federal do Paraná em Curitiba. "Quem sabe não me transfiro para o Rio. Gosto de viajar, conhecer culturas novas. Curitiba é mais da noite porque não tem praia. Sinto falta do calor. O Rio é tranquilo, relax, emenda o dia com a noite com muito estilo", observa.

ComboLG 1 copy 

Meio ambiente é com Roberta Barone, que estuda Biologia e se considera a mais tranquila do grupo. "Levanto às 7:30, acordo uma das gurias para ir à praia. Ipanema está muito suja. Outro dia fiquei com um saco plástico preso no pé", conta Roberta, que acha os meninos daqui mais fechados em grupinhos. "No BG (Baixo Gávea), ninguém fala com ninguém. Em Porto Alegre as gurias são mais fechadas e os guris falantes", diz Roberta, que cedeu à sedução da noite para ir ao Rider Weekends no Jockey.

Laura: "Outro dia fui ao Jockey com meu namorado e encontrei a Orquestra Voadora..."

"Outro dia fui sem querer ao Jockey com meu namorado e encontrei a Orquestra Voadora tocando, as meninas de tênis e tudo muito descontraído", conta Laura, sempre fiel ao lema da turma que é "praticando a amizade". "Faço Engenharia de Produção na Universidade Federal de Santa Catarina e antes achava difícil combinar essa faculdade com a moda. No meu curso é mais automóvel e outro tipo de produto. Adorei descobrir que na fábrica da Farm tem engenheiro de produção", diz.

Yasmin, fã de Edvard Munch

Yasmin é de Vitória e gosta de desenhar em carvão expressões e sentimentos. É fã do pintor norueguês Edvard Munch, autor do famoso quadro "O grito". Fã de Luiza Brunet, o pai queria que ela se chamasse Luiza. A mãe preferia Yasmin. "Entraram num acordo quando minha mãe disse que Yasmin era o nome da filha de Luiza Brunet", conta. Estudante de arquitetura, apaixonada por artes plásticas, ela mostra um de seus desenhos: um palhaço em carvão.

Os estilos variam. Roberta conta que em Porto Alegre as meninas saem montadas de salto alto e paetê. "Aqui vou de rasteirinha e de sneaker com salto", afirma. Laura é da tribo do longo com rasteirinha. Yasmin e Lais adoram short. Katerina tem um perfil boho, com direito a muitos anéis e colares. Já fizeram curso de DJ, encadernamento e assistiram a "Tropicália".

As cinco meninas colaboram para o ambiente acolhedor da casa e da linha Quero, que tem como símbolo um charmoso Quero Quero de skate. Para completar vale experimentar as bruschettas da Prima.

ComboLG 2 copy   






 
amandas_heloisa_marra4.png