Anderson intro
Heloisa Marra
: Heloisa Marra

Desde que interpretou a Betina na novela "Viver a vida", Leticia Spiller tem feito sucesso com mechas em harmonia com um corte de cabelo campeão de audiência na Central de Atendimento ao Telespectador da TV Globo. Ao lado de Giovanna Antonelli, Letícia Spiller chama atenção pela cabeleira invejável. O responsável é Anderson Couto, hairstylist de Letícia e de Paola Oliveira, protagonista da próxima novela das 9h na TV Globo. Saiba alguns segredos.

 

 

Além de Letícia Spiller e Paola Oliveira, também passaram pelas mãos de Anderson Ísis Valverde, que optou por um estilo mais curto assim que terminou "Avenida Brasil", Bruno Gagliasse, Giovanna Ewbank e Cássia Kiss. Leticia Spiller, indicada por uma fotógrafa amiga de Anderson, foi sua primeira cliente famosa. "Em 'Viver a vida', o cabelo curto no ombro e repicado da personagem foi um dos mais elogiados. Letícia tem uma alimentação balanceada e isso se reflete no cabelo", diz Anderson, que participa do programa "Superbonita" pilotando as tinturas ao lado de Fernando Torquatto.

Anderson e Leticia

O segredo de Letícia? "A mistura de mechas, 70% douradas com 30% mais claras e a raiz mais natural. Começamos a mecha a 3 dedos da raiz", diz Anderson que hidrata os cabelos de Letícia com Penetraitt, da Sebastian. "Basta deixar dez minutos. No salão usamos calor mas se a cliente quiser levar para aplicar em casa, tem uma versão do produto que não precisa de calor. O ideal é manter o tratamento uma vez por semana e lavar todo dia com o Brilliance, uma linha nova da Wella para cabelo colorido.

Atrizes

 Anderson foi o responsável pelo corte mais curto de Ísis Valverde assim que terminou "Avenida Brasil" e pelo visual de Paola Oliveira para a próxima novela das nove da TV Globo. "Paola mudou a cor do vermelho para mechas cor de mel. Na novela ela vai usar inicialmente aplique para interpretar a personagem mais jovem. Depois adota um corte mais curto", revela Anderson, que é carioca, e já fez estágio no salão Tony&Guy, na Espanha, no Vidal Sassoon, em Londres, e no Llongueras, na Argentina.

Primeiros cortes na barbearia dos tios

Carioca de Nova Iguaçu, começou na profissão por intermédio de dois tios que tinham barbearia. "Minha mãe não me deixava ir para a rua mas me deixava ir para a barbearia", conta. "Não tinha dinheiro para fazer faculdade e tentei me alistar no exército mas sobrei. Resolvi então aprender a cortar cabelo com os meus tios. Comecei a gostar e passei a trabalhar num salão na Urca cortando os cabelos de militares. Passei a cuidar também dos cabelos femininos contra os conselhos dos meus tios, que achavam isso complicado. Fui fazendo clientela e abri o primeiro salão na Rua Bambina com Marquês de Olinda, no Rio", diz Anderson, que também se apresenta no programa "Superbonita" a convite de Fernando Torquatto para cuidar da tintura. Hoje ele é dono do Majestic, onde trabalhar com mais 5 cabelereiros.


 
amandas_heloisa_marra5.png