×

Aviso

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 1319

George Sand, Chopin e Anitta têm algo em comum: Reinaldo Lourenço. O estilista brincou com o masculino e o feminino desconstruindo o smoking. Na passarela, uma George Sand contemporânea. Na plateia uma nova Anitta. Herchcovitch se inspirou nas caçadoras de pérolas e fez vestidos de espuma do mar. 

Romantismo e subversão dos gêneros, Reinaldo equilibrou alfaiataria com a leveza dos jabots. O macacão impecável lembrando o smoking veio cropped. O colete mais comprido e o paletó tiveram um ar de fraque e as botas bicolores fizeram muitos recordar o tempo das polainas. 

 reinlado-1

A gaiola de Anitta

Na primeira fila, Anitta vestiu um modelo de Reinaldo. Na nuca, uma gaiola tatuada com a porta aberta e dois pássaros voando. Ela explica o significado: "fiz a tatuagem num momento muito importante para mim, quando conquistei minha liberdade. Foi há pouco tempo", revela a cantora, elegante, curvilínea e com a imagem renovada no vestido de Reinaldo Lourenço.

anitta-tattoo

O mar de Herchcovitch

Alexandre, entre vários outros estilistas, também foi buscar no mar a inspiração para o seu verão 2016. Mas de um jeito muito próprio. As musas desta coleção são as pescadoras de pérolas do Japão. A partir dessas mulheres intrépidas, capazes de tudo por uma pérola, a história do estilista para essa temporada começa a ser contada a partir dos marrons e dourados, colorindo chemises quadrados, dignos de um alfaiate oriental.

Um rigor suavizado por vestidos super trabalhados em diversos azuis com efeito de espuma do mar. Detalhe: um dos materiais usados além do crepe de chine, do algodão e do chiffon de seda, foi a toalha.

ale-1

Enquanto esperava o desfile de Reinaldo Lourenço, uma jornalista contou que fora convidada por Ronaldo para participar de uma surpresa. Ela fez parte do grupo de 35 sereias, formado por mulheres de todas as idades, numa performance sobre pneus na passarela, que traduziu a democratização da beleza. 

Linhas verdadeiras de rede de pesca moldaram os vestidos

Inspirada nas sereias, a coleção caprichou na leveza dos vestidos em efeitos de rede, alguns com linhas verdadeiras de rede. Minuciosamente trabalhados, os modelos tiveram o toque das artesãs da Paraíba e foram completados por colares feitos pelas Sereias da Penha, artesãs das praias da Penha e de Jacarapé, conhecidas por seu trabalho com escama de peixe.

Bonito, quase uma escultura, o vestido marrom que encerrou a apresentação. Foi feito com tecido a partir do fio de poliamida encontrado nos pneus. Iemanjá, Bahia e a voz de Dorival Caymmi deram um banho de brasilidade na plateia.

ronaldo-1

Efeito clochard (forma mais larguinha com cintura ajustada sobrando um tecido franzido acima dela) nas calças e até nos biquínis, Jacqueline de Biase, da Salinas, foi a Essaouira, no Marrocos, para decorar seu verão. Laise, linho, seda e couro moldaram uma coleção alegrada por coqueiros e criativa na modelagem dos biquínis usados com tops de mangas esvoaçantes. Botões, bolsos e até golas enfeitavam os maiôs.

Cerâmica nos acessórios coloridos

Geometrias em preto e branco e mosaicos super coloridos deram a graça oriental em looks, usados com óculos em armação de peroba do campo da Zerezes, bolsas sacos que podem ser usadas como mochilas, e sandálias de dedo da Melissa. Numa parceria cada vez mais afinada com a designer Claudia Savelli, os colares e brincos da marca contaram também com as cerâmicas da Rosana Doñate.

 salinas-1

Mapplethorpe, Patti Smith e a bolsa lancheira

Vitorino Campos imaginou um encontro de Patti Smith com Mapplethorpe. Androginia, sutileza de sentimentos e a troca da sexualidade pela intimidade intelectual, pontuam, segundo o estilista, um verão em azul, rosa e preto. Em seda e algodão. As saias e os vestidos longos não excluem a mini desse encontro, que acredita na liberdade das múltiplas formas de expressão. Hit: a bolsa lancheira térmica para sobreviver na cidade.

vitorino campos-1

Everybody rocks junto com Gisele

A Colcci fez um contraste da alfaiataria com a feminilidade mais explícita como este vestido da foto, usado por Gisele Bïndchen com biquíni por baixo. Mais urbana e chique, a bermuda azul combina bem com o colete com jeito de paletó. Efeitos vazados em renda, vestidos longos e curtos soltinhos usados com sandálias gladiadoras certamente vão vestir as meninas loucas por festival de rock, este último por sinal tema da coleção. Assim como Gisele everybody rocks na Colcci.

colcci-1

João Pimenta para homens e mulheres

Silhueta ampla, quadrada numa alfaiataria gostosa de usar, a coleção de João Pimenta criou na passarela uma figura diferente, com direito a cabelos punk. O homem do estilista aceita compartilhar o guarda-roupa. São paletós curtos, coletes-túnicas sobre calça em peças curtas, médias e alongadas. Isenção de gênero, é a proposta. João criou três modelos para a West Coast inspirados no Oxford: um tênis, uma bota e uma mule.

 joaopimenta-1

 

 

 


 
amandas_heloisa_marra4.png