×

Aviso

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 1319

Lino Villaventura desfilou no Museu Afro Brasil uma retrospectiva de seu trabalho. Foi emocionante rever o olhar selvagem dos modelos, todos usando as lentes de contato que fizeram tanto sucesso em 2006. Ele tem vindo ao Rio para os ensaios da versão brasileira de "Nine", de Charles Moëller e Claudio Botelho. Frase do dia: "com todo o clima que existe nesse país, temos que buscar força em nós mesmos".

 

Com Marina Dias rolando pela escada num longo escultural branco, o desfile levou a plateia numa verdadeira viagem pelo mundo do estilista. "Fui olhar no meu acervo e encontrei coisas que nem lembrava mais. Pincei alguns adereços e algumas peças e misturei com as coisas de agora", conta. Uma dessas coisas foi usar o short de boxeur por baixo das saias.

'Eu sou aquele que tem vontades'

"Faço o que posso fazer, faço o que dá tempo e só ponho o que eu gosto realmente. Nos sapatos coloquei as 
plataformas que usei em 95, 96, e as formas que usei em 2002, que parecem patins. Alguns me pedem para explicar: não sei, eu sou assim, eu sou aquele que tem vontades e essas vontades eu ponho em prática. Foi um jogo cênico. Como estou nessa história do figurino de 'Nine', estou num clima meio felliniano", conta Lino, que veio ao Rio para encontrar Beatriz Segall nos ensaios do musical.

Quando vejo o que já fiz fico impressionado

Para o estilista, a cabeça é fundamental: "ela pontua muito meus modelos. E assim evito um grande problema que é o cabelo", diz. Ele diz que na hora de criar, desenha rapidinho. "O problema é a execução.
 Hoje eu posso falar isso, o meu trabalho é muito inspirador. Quando vejo o que já fiz fico impressionado. Eu era bem mais estranho. Hoje em dia é bem mais simples. Sou incentivado por mim mesmo. Com todo o clima que existe nesse país a gente tem que buscar a força em nós mesmos".

Entre as muitas imagens impressionantes do desfile, está a do modelo Goan Fragoso, cujo rosto branco aparece na foto abaixo, no centro, num exemplo de beleza acima do feminino e do masculino. Goan e Marina Dias encarnaram com perfeição as criaturas do universo Lino Villaventura.

 lino-1

backstage-lino

 


 
amandas_heloisa_marra4.png