Heloisa Marra
: Heloisa Marra

Chef Pedro Siqueira, que trabalhou em grandes restaurantes de Paris e São Paulo elege o Rio como quartel general e o Jardim Botânico como base para oferecer a sofisticação das receitas caseiras repaginadas por técnicas atuais.

O chef Pedro Siqueira acredita em frescura. Mas, no caso, não se trata de afetação, mas da escolha de ingredientes com selo de pureza e qualidade, perfeitos para os pratos elaborados que serve no Puro, casa que abriu no finalzinho da Visconde de Carandaí, Jardim Botânico.

A rua, que cada vez mais se configura como pólo
de gastronomia, não poderia ser endereço melhor para abrigar este restaurante de comida contemporânea, com receitas elaboradas com aquilo que há de mais orgânico no mercado e inspiração na simplicidade que, de tão elaboradas, soam sofisticadíssimas.

purochef

Situado numa casa de três andares, com terraço e janelas que dão direto para a belezura do Cristo Redentor, o local levou mais de ano para ser repaginado no projeto de Ligia Cury, que privilegiou a luz natural e cores limpas que dialogam com o verde, valorizando a exuberante natureza encontrada no ambiente exterior.

O decorador Aloisio
Sirimarco cuidou da iluminação e dos móveis personalizados, com o paredão feito com carretéis de linho da antiga fábrica da Leslie dando o tom daquilo que está por vir nas mesas. Beleza pura.

puromontagem1

Com passagens pelos badalados Dom, de Alex Atala, Eau, de Pascal Valero e pelo Taillevent, parisiense com três estrelas no Guia Michelin, Pedro foi sous chef de Lucca Gozane no Fasano Al Mare. Credenciais, portanto, não lhe faltam. Apesar disso, ele traz marcas muito pessoais em sua gastronomia, com criações que valorizam a inspiração caseira. Traduzindo: seu apreço pela cozinha da vovó lhe permite recriar pratos da infância com apuro ímpar.

Lembra aquele ratatouille do desenho animado homônimo da Pixar, no qual o crítico de gastronomia era levado ao êxtase através dos prazeres da memória afetiva? Pedro é desse tipo.

Além dos pães e brioches de confecção caseira, o público pode degustar iguarias que, de tão simples, impressionam, como bolinho de arroz carreteiro com queijo minas padrão e chips de raízes com sal de limão picante, irresistível! Ou o ravióli grelhado de pupunha recheado com cogumelos frescos e saladinha de ervas.

purofile2

E
ainda o pão de queijo recheado com pernil, gostosura que não dá vontade de parar. “O que eu quero aqui é fazer o simples, uma cozinha que resgata o lado emocional das receitas, mas exclusiva e verdadeira, uma cozinha de origem caseira”, conta Pedro, com esse jeitinho familiar, mas inebriado pelo desejo de fazer pratos autorais com esse toque dengoso.

Entre as opções de bebidas, uma de vinhos com 60 rótulos orgânicos e biodinâmicos assinada por Douglas Gonçalves, releitura de drinques clássicos by Nívea Valmont e a consultoria esperta de Alex Miranda, além de cervejinhas nacionais.

E, para adoçar a boca, vale o pão de mel com farelo crocante de canela e sorvete de doce
de leite; mousse de chocolate com flor de sal e fio de azeite; arroz de leite com baunilha fresca, doce de leite caseiro e farofa de cuca, e doce de abóbora com calda de caramelo salgado e sorvete de tapioca.

Puro: Rua Visconde de Carandaí, 43, Jardim Botânico. Telefone: 21|3284-5377. Segunda a quinta, das 12h às 24h
. Sexta e sábado, das 12h à 1h. Domingo, das 12h às 18h. 

Por Alexandre Schnabl 

 


 
amandas_heloisa_marra3.png