Em passagem pelo Rio para lançar nova fragrância da Azarro, mocinho mau da breca da série "The Vampire Diaries" seduz cariocas com seu olhar típico de quem tem estilo de sobra para tocar a eternidade pela frente.


Houve um tempo em que vampiro era mau mesmo e era aí que residia seu charme. Tudo a ver. Afinal, esses 
charmosos sanguessugas têm tudo aquilo que os reles mortais desejam: são bonitos, se vestem bem com roupas de grife, abusam da sedução e (o mais importante!) não envelhecem, não precisando sequer das benesses da cosmetologia moderna. Invejinha...

Ian

O único senão, óbvio, é não poder ir nunca a praia, correndo risco de virar pó, caso abusem dos raios solares ou se algum incauto acabar cravando uma estaca pontiaguda em seus coraçõezinhos frios, mas que deixam seus interlocutores pulsando de volúpia.

Ian

Ultimamente – com a saga "Crepúsculo" e aqueles nerds de caninos afiados atenuados pelo ar de bom moço e por
camisas de flanela xadrez –, a humanidade andou se esquecendo de quanto o mal intrínseco pode ser um convite para o oferecimento voluntário das jugulares, mas felizmente existe Ian Somerhalder para nos lembrar que vampiro bom é vampiro morto (claro!), mas emoldurado pela sofisticação dos clubes noturnos, dando as caras nos agitos sociais e nos jantarezinhos regados a um bom Romanée Conti, mesmo que os paparazzi não consigam clicar seu reflexo.

Ian

Afinal, a vibe de viver em cidadezinhas com cara de seriado da Sony é, de longe, a pior opção para o estilo de vida de um genuíno discípulo do mal. Bom mesmo é rodar o taxímetro em bandeira dois na cola dos currais vip em eventos badalados.

Ian – que interpreta desde 2009 o Damon Salvatore no seriado no canal CW (aqui no Brasil, a série passa na MTV) – se encarregou de lembrar isso aos brasileiros, no badalo organizado no Londra, no Fasano, para promover Intense, a nova fragrância da Azzaro Pour Homme, inspirada no universo das bebidas fortes.

Ian

E quem negaria que a hemoglobina consumida por vampiros de responsa não é, de fato, um néctar para lá de intenso, não é mesmo? Daí o bonitão, sagitariano de 36 anos, dar expediente na marca desde 2014.

Ian

O rapaz se encarregou de lembrar os cariocas que existe muito mais emoção no seu animal olhar 43 que no
insosso topetinho rockabilly de Robert Pattinson em "Crepúsculo". Afinal, com Damon não existe crise existencial e ele passa bem longe dos divãs, bota para quebrar mesmo e paciência quem não curtir.

Aproveitando sua meteórica presença no evento – onde seduziu com seu charme famosos como Maria Frering, Romulo Neto, Fran Sartor e Chris Pitanguy, HM comprovou o estilão power de Ian e de gente que está vivinha da silva, mas doida para dar o sangue por um flerte com o moço.

montagem

 

Entre a linha bad boy, Ian Somerhalder, que já foi modelo da Guess, Versace e Dolce & Gabbana, transita entre as jaquetas de couro com pique transgressor e o visual rocker, com pitada indie, abusando de chapéus, regatas com jeans e boots, tudo naquela leitura de sex symbol que considera Kurt Kobain o máximo. 

Por Alexandre Schnabl

 


 
amandas_heloisa_marra5.png