Qual é o design para o final dos tempos?

Heloisa Marra
: Heloisa Marra

Criação e premonição andam juntas na moda. E se você como eu ficou impressionada/o com o broche em forma de pássaro usado por Lady Gaga na posse de Joe Biden, ainda não viu nada. Precisa conhecer o surrealismo de Elsa Schiaparelli, recriado hoje por Daniel Roseberry, autor do broche de Gaga. Schiaparelli e Roseberry estão nos Mapas de Estilo das Décadas. Nada como uma inspiração surreal em tempos incertos.

gagavale Texano de Dallas, por 11 anos Daniel Roseberry foi diretor de design da Thom Browne, uma das mais criativas marcas americanas. Está há pouco tempo na Schiaparelli, desde abril de 2019, mas interpreta ao pé da letra o espírito surreal de Schiaparelli.

Moda reflexo da arte e do caos

Fantásticas e oníricas, as criações da estilista refletiram o caos do mundo entre as duas guerras e sua ligação profunda com a arte dos surrealistas.

Na Segunda Guerra Mundial, com os negócios da moda paralisados, era vista sempre com um broche em forma de pássaro. Quando um jornalista lhe perguntou que pássaro era aquele, respondeu: o fênix, capaz de queimar e eternamente renascer das cinzas, símbolo da França e do mundo civilizado.

schiaparellivaleDaniel Roseberry é o responsável pelo renascimento de Schiaparelli num período complicado. Antes da pandemia, ao assumir a direção da maison no lugar de Bertrand Guyon, definiu a ideia de uma coleção como design para o final do mundo. Mal sabia o quanto estava sendo premonitório. Preso em Nova York a caminho de Paris, quase desistiu de apresentar digitalmente a coleção de alta costura. Mas pisou no acelerador e fez maravilhas ultrajantes. Já que segundo Schiaparelli, "em tempos difíceis moda é sempre ultrajante". 

A última coleção de alta costura de Daniel Roseberry para Schiaparelli: