O que faz a roupa ganhar vida?

Você sabia que os vestidos deslumbrantes usados pelas musas do pintor Gustav Klimt existiram e foram confeccionados? Sabem por quem? No início do século 20, ele pintou mulheres douradas cobertas por prints coloridas. Essa é uma das inspirações mais interessantes que conheço e que está na minha série Mapas de Estilo das DécadasA arte alimenta a cultura de moda, seja ela pintura, música ou cinema. Quer ver outro exemplo? Alessandro Michele, da Gucci (sempre a Gucci!) e o cineasta Gus Van Sant, encontraram no cinema uma forma de animar o verão 2021 da marca.

vintageshopA coleção acaba de ser lançada com a série de 7 episódios chamada de “Ouverture of something that never ended” (abertura da algo que nunca acabou) no Guccifest, um festival de cinema da marca. No festival, a Gucci generosamente apresenta também filmes de novos cineastas.

florencewelch Meu episódio preferido é o da loja vintage. A protagonista, feita pela super andrógina artista Silvia Calderoni, chora na entrada da loja ao se deparar com a expressão inanimada de uma manequim. Lá dentro, uma misteriosa cliente, interpretada por Florence Welch, coloca mensagens escritas nas folhas de um caderninho no bolso das roupas: "amanhã pode ser diferente", "com a chuva vêm os segredos", "mel nas ruas". Aos poucos as mensagens vão sendo descobertas e é como se as roupas falassem. Bem poético.