Quer dar uma guinada na modelagem?

Não aguenta mais aquela roupa careta, ombro certinho e cintura no lugar? Anda tomado por um espírito rebelde antimoda?

Já ouviu falar da escola de Antuérpia? Talvez alguns de vocês já tenham ouvido mas muitos não. Mas para quem trabalha com moda e ainda não ouviu falar, vale a pena saber mais sobre o assunto.

Nos anos 80 e 90 seis alunos da Academia Real de Belas Artes de Antuérpia, na Bélgica, tomaram o poder do estilo mundial e até hoje influenciam quem está começando a criar.


demeulemeesterdentro2017parisAnn Demeulemeester, Dries Van Noten, que desfila até hoje, Walter Van Beirendonck, com suas coleções masculinas super provocadoras, Marina Yee, pioneira em levar tecidos reciclados para a passarela, Dirk Bikkembergs e Dirk Van Saene. Eles são conhecidos como os seis de Antuérpia e continuam revolucionando a cultura de moda.

driesvannoteninverno2021Eles abalaram as estruturas da roupa em efeitos rasgados com mangas, cinturas e ombros fora do lugar num estilo que foi chamado de destroy. Na verdade, em vez de destruir esse estilo começava a construir a moda ética e sustentável que desejamos agora. Já nos anos 80 eles investiam em coleções reduzidas, peças feitas a mão e em tecidos reciclados.

MontagemAgora querem ver um exemplo de como a cultura de moda inspira e ajuda a vender? Os belgas serviram de inspiração para a Forum. De olho no estilo Destroy dos belgas, Tufi Duek, dono da marca na ocasião, promoveu a chegada da moda Destroy no Rio com um super desfile no Copacabana Palace. Seu objetivo? Marcar de forma inesquecível a abertura da primeira loja Forum na cidade. 

matériaNa contramão do sol e da garota de Ipanema, entrou em cena a garota de Antuérpia, maquiada com olheiras enormes, num look com rasgados e desfiados estratégicos. Uma beleza rebelde e soturna que provocou a maior polêmica. O dono da marca na época Tufi Duek foi super ousado e usou como passarela três salões do hotel. Depois do desfile, uma festa de arromba, com garçons vestidos de monges, comemorou a chegada desse destroy tropical.

Se você quer criar e desconstruir com conhecimento de causa, inscreva-se na minha série Mapas de Estilo das Décadas. São 100 anos de moda em 10 meses com um memory game para ajudar você a assimilar cada década.