Cultura de moda no mundo de Gaultier

Conheci Jean Paul Gaultier no Rio. E vi que tanto na vida como nas coleções, ele cria na contramão dos clichês. Vocês sabem de onde vêm as listras navy que ele levou até para a alta costura? De um lado muito rebelde, que lhe valeu o apelido de enfant terrible da moda francesa. 

Vou contar pra vocês uma história que ilustra bem esse lado nada convencional do Jean Paul Gaultier.

gaultieraltacosturaverão2020valeEu o convidei para fazer dois programas no Rio: um vôo livre ou uma ida ao show da Laura de Vison. Advinhem qual ele escolheu? A Laura. Professor durante o dia, transformista à noite, atriz premiada, Laura era a sensação da noite gay carioca.
lauradevison
E lá fomos nós, eu, Mara Caballero, editora do Ela, João Ximenes, Didier Grumbach, que seria depois o presidente da Câmara Sindical da Alta Costura e do Prêt-à-porter. Depois de sermos espremidos por uma multidão na frente de uma pequena porta de um sobrado no centro, nós, Didier e um Gaultier extasiado vimos Laura se preparando no camarim. Dançamos, pulamos e nos esbaldamos sob uma chuva de balas juquinhas ao som de Ilarilarilariê ô, ô, ô.
gaultiercapa 
Mas e as listras, de onde vieram? Muitos de vocês já podem ter a resposta na ponta língua, mas não é tão fácil assim como vocês estão pensando. Elas vieram de um mundo underground, talvez o mesmo de Laura de Vison, que bem poderia ter sido estrela dos desfiles de Gaultier. Gaultier foi buscar as listras no personagem Querelle, o marinheiro devasso e trágico do cineasta alemão Fassbinder e nas imagens poéticas da dupla Pierre e Gilles.

qurelle

gaultierpierreetgillesPor que mergulhar na cultura de moda de Jean Paul Gaultier? Porque cultura de moda alimenta, inspira e faz crescer. Então está na hora se inspirar no universo de Gaultier. Um universo que tomou conta da moda na década de 90 e está aí até hoje. Um universo riquíssimo e super inclusivo. Ele foi o primeiro a desfilar modelos grisalhas.
mariemartinez
Criou saias para os homens. E democratizou as semanas de moda vestindo suas roupas em manequins cheios de atitude e muito variados que correspondiam à diversidade das ruas.

bethdittto
Mas tem mais. Muito mais para ajudar a fazer a roda da criação de moda girar. 

Inscreva-se na minha nova série Mapas de Estilo das Décadas. São 100 anos de cultura de moda em 10 meses ilustrados por moodboards e acompanhados por um memory game para ajudar você a se inspirar.